05/06/2017
Recordar
Lembrar e contar o que Deus fez e faz em nossas vidas pode levar outros a conhecê-lo e também ter experiências com Ele
Redação CPIMW

A Ceia do Senhor nos lembra que Cristo veio ao mundo e morreu por nós 

"Tenham muito cuidado para que vocês nunca se esqueçam das coisas que seus olhos viram; conservem-nas por toda a sua vida na memória" (Dt 4.9b)

Tanto o Antigo como o Novo Testamento dão destaque à recordação, inclusive estabelecendo celebrações que serviriam de memoriais ao povo. Foi o caso, por exemplo, da instituição da primeira Páscoa (Êxodo 12.1-20, em especial o v. 14) e também da Ceia do Senhor (Lucas 22.19). Ambas fazem referência à lembrança do sofrimento vivido e sucedido pela libertação de uma escravidão — a primeira, de Israel aos egípcios e a segunda, do homem ao pecado (tudo que desagrada a Deus). Hoje, elas nos lembram que Cristo veio ao mundo e morreu para que tivéssemos um relacionamento com Deus por meio do perdão de nossos pecados. 

Os evangelhos, registrados na Palavra de Deus, apresentam-se como a lembrança do que Jesus disse e fez. Em seu cotidiano, o cristão vive as palavras de Jesus Cristo tanto se recordando delas como praticando-as. Por isso, são chamados de seus discípulos e seguidores. Entregaram suas vidas a Jesus e receberam a missão de transmitir a todas as pessoas a mensagem deixada por ele, mantendo viva a esperança no Senhor.

A Bíblia inteira faz alusão ao passado, é atualizada para o presente e nos mostra como será o futuro. Das histórias que foram vividas e nela estão relatadas surgiram exemplos, valores e ensinos que são considerados válidos e de grande importância para serem passados de geração a geração. Eles trazem fortalecimento e ensinam a ter uma boa postura perante a vida. Se a Palavra de Deus chegou até você foi devido ao testemunho de muitas pessoas em várias épocas. Lembrar e contar o que Deus fez e faz em nossas vidas pode levar outros a conhecê-lo e também ter experiências com ele. Cabe a cada um de nós manter este memorial vivo e cada vez mais presente em nossas vidas e em nossos relacionamentos.

Luciana Gallinari, extraído do livro “Devocional Wesleyano”

 

MAIS LIDAS

Deserto
O deserto tem um conteúdo simbólico muito grande na Bíblia


A Verdadeira Adoração
Vamos começar com uma pergunta: o que você sabe sobre adoração?


Mesa, lugar de comunhão
É tempo de restaurar os elos da comunhão


Aflição
Por que Jesus nos permite passar pela tempestade?


Mensagem na olaria
Deus nos molda como o vaso na mão do oleiro



NOVIDADES
WTV

 FACEBOOK  WTV  NEWS
Centro de Publicações da Igreja Metodista Wesleyana com sede na Avenida Venâncio, 17 - Xerém
- Duque de Caxias - RJ - CEP 25245-500 | CNPJ: 15.732.218/0001-08

© Todos os direitos reservados. 2016