25/04/2018
A Ele a glória
Quando Jesus se coloca como exemplo a ser seguido, não é à toa. Até quando ele teve toda a oportunidade de mostrar o seu poder, teve atitude de servo
Luana Marino

A tentação de Jesus no deserto, relatada no capítulo 4 de Mateus (e também descrita nos Evangelhos de Marcos e Lucas), nos traz muitos ensinamos para nossa vida cristã. Um deles e mais claro é a importância da Palavra, este alicerce que temos de buscar para a nossa vida diariamente.

Em todos os momentos em que o diabo lança um questionamento sobre Cristo, ele responde com a Palavra. O último, no entanto, vai além, e nos chama atenção para um detalhe que resume tudo o que significa a nossa vida nesta terra.

Vejamos o que a Palavra diz: “Novamente o transportou o diabo a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles. E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares. Então disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás.” (Mateus 4:8-10)

Sempre achei esta parte, no mínimo, curiosa — afinal, como o diabo pode dizer isso ao Filho de Deus? Talvez se fôssemos nós ali, na mesma situação que Jesus, diríamos “enlouqueceu ou esqueceu que eu sou o Filho do Homem? Quem é você pra pensar que tem poder para me dar algo? Eu já sou dono de tudo isso por direito!”

Mas Cristo transcende a qualquer pensamento humano. A resposta de Jesus a esta terceira tentativa do diabo de fazê-lo sucumbir nos mostra que o foco não é quem eu sou ou o que tenho, mas sim quem é o Deus a quem sirvo. Ali, naquele momento, Jesus, em total atitude de humildade, mostra ao diabo que só uma coisa importa a nós: adorar a Deus, e somente a Ele prestar culto!

Paulo vai dizer em sua carta aos Coríntios que “quer comais, quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para a glória de Deus” (1 Co 10.31). Fomos criados com o propósito de adorar ao Senhor por TUDO: pelo dia que se renova, pelo trabalho, nossa família, nossas conquistas, nossas lutas, nossas perdas. Por tudo! 

Quando Jesus se coloca como exemplo a ser seguido, não é à toa. Até quando ele teve toda a oportunidade de mostrar o seu poder, teve atitude de servo.

Esta deve ser a nossa postura, pois tudo o que temos é para a glória do nome DELE. “Porque dele e por ele, e para ele são todas as coisas. Glória, pois, a ele eternamente. Amém”.

 

MAIS LIDAS

Mesa, lugar de comunhão
É tempo de restaurar os elos da comunhão


A Verdadeira Adoração
Vamos começar com uma pergunta: o que você sabe sobre adoração?


Deserto
O deserto tem um conteúdo simbólico muito grande na Bíblia


Mensagem na olaria
Deus nos molda como o vaso na mão do oleiro


É tempo de se fortalecer
A força da qual precisamos vem do Senhor



NOVIDADES
WTV

 FACEBOOK  WTV  NEWS
Centro de Publicações da Igreja Metodista Wesleyana com sede na Avenida Venâncio, 17 - Xerém
- Duque de Caxias - RJ - CEP 25245-500 | CNPJ: 15.732.218/0001-08

© Todos os direitos reservados. 2016