30/11/2018
A família e seus valores - limites
Em uma casa todos devem trabalhar pela vida com qualidade
Redação CPIMW


E o Senhor Deus ordenou ao homem: "Coma livremente de qualquer árvore do jardim, mas não coma da árvore do conhecimento do bem e do mal, porque no dia em que dela comer, certamente você morrerá" (Gênesis 2:16, 17).

Desde a criação do homem e sua introdução no Éden, Deus criou limites a serem respeitados. Adão e Eva teriam toda liberdade no Jardim, podiam percorrer todas as partes, podiam usufruir de todos os benefícios necessários, porém não podiam comer do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal. Aqui estava o limite para esse casal. Ainda que não fosse física, Deus levantou entre o casal e a árvore uma parede que deveria ser respeitada. O rompimento desse limite traria tragédias e consequências para a humanidade.

Na casa de Vinícius de Moraes “Ninguém podia dormir na rede, porque na casa não tinha parede”. Que tragédia essa casa. São as paredes que delimitam espaços, possibilita privacidade, criam apoios.

ESPAÇOS DELIMITADOS

Em toda casa, paredes são necessárias, ainda que essas sejam baixas. Em minha casa a cozinha é separada da sala por um balcão.  Quando eu era criança moramos em uma casa que o guarda-roupa serviu de parede entre a sala e o quarto de meus pais. No Éden, Deus não construiu uma parede visível, mas disse ao casal: “não ultrapasse essa linha, não coma do fruto dessa árvore”. As paredes de uma casa separam cômodos, estabelecem limites.

Você já ouviu a frase “seu direito termina onde começa o meu, e vice-versa”? Devemos respeitar o espaço e os direitos alheios, da mesma maneira que queremos que os nossos sejam respeitados. Para que o Jardim continuasse a ser um lugar perfeito o limite precisava ser respeitado. Em uma família pais têm direito, filhos tem direito, esposos e esposas tem direito, mas também tem limites. Quando esses limites não são respeitados, os danos são grandes. A liberdade de expressão tem limites, o tempo gasto no chuveiro tem limite, o consumo tem limites, brincadeira tem limite, até a paciência tem limite. 

ESPAÇOS POSSIBILITAM PRIVACIDADE

Paredes em uma casa não são para separar pessoas, mas sim para protegê-las. Em uma família, o casal deve ter seu quarto, os filhos os seus, e se possível, até as visitas precisam ter o seu próprio quarto. Em uma casa deve haver espaços comuns como: banheiros, sala de estar, áreas de circulação, laser etc. Esses espaços devem ser respeitados, pois oferecem qualidade de vida, privacidade e proteção para as pessoas. Algumas perguntas para se pensar: É saudável para o casal filho dormir na cama com os pais? É conveniente que não seja comum a todos o cuidado com a limpeza, manutenção e organização dos espaços comum de uma casa? É respeitoso entrar em um quarto sem bater na porta? É saudável pessoas de fora, com excesso de liberdade, abrirem geladeiras, entrar em todos os cômodos, não ter horário de chegada e saída? Vejam como paredes constroem limites que irão proteger a privacidade de cada membro da família.

ESPAÇOS ASSEGURAM LUGAR DE REFÚGIO

Na perseguição que o rei Saul impôs para tirar a vida de Davi, duas cavernas serviram de refúgio para Davi, Adulão e En-gedi, I Sm 22 a 24. Em I Sm 23:29 encontramos a seguinte expressão: “E Davi saiu daquele lugar e foi viver nas fortalezas de En-Gedi”. Uma casa é um lugar de refúgio, é uma fortaleza. Em tempos de perseguições, concorrência, lutas, voltar para casa é voltar para um lugar de descanso. Você encontra condições para descanso em sua casa? Temos construído paredes que nos protegem, lares de paz?

Na casa de Vinícius não tinha descanso, pois não havia paredes para fixar os ganchos que penduram redes. Em uma casa saudável todos trabalham construindo paredes que irão ser usadas para pendurar redes que assegurarão descanso a todos.

Nesses lugares seguros, Davi não apenas se protegeu, mas poupou a vida de Saul. Por três vezes Davi teve a vida do rei em suas mãos, mas preferiu não tirá-la. Uma casa é lugar de vida e não de morte. Em uma casa, o que se acessa na internet, assiste na TV, fala uns aos outros, o que se faz, a música que toca, deve produzir vida. Em uma casa todos devem trabalhar pela vida, vida com qualidade. 


Pr. Agnaldo Valadares, carta pastoral do GCEU. 

MAIS LIDAS

Minha família e o tempo de Deus
O nosso maior inimigo somos nós mesmos e nossa ansiedade


Transformando minha família
Como nos lembramos de nossa casa?


Cuidando de quem amo
Cuidar não é apenas suprir necessidades básicas


Voz de Autoridade
Como desenvolvê-la com os filhos


Amar é uma escolha
Amar não é fácil, mas é totalmente possível



NOVIDADES
WTV

 FACEBOOK  WTV  NEWS
Centro de Publicações da Igreja Metodista Wesleyana com sede na Avenida Venâncio, 17 - Xerém
- Duque de Caxias - RJ - CEP 25245-500 | CNPJ: 15.732.218/0001-08

© Todos os direitos reservados. 2016