14/12/2018
Hipotireoidismo e alimentação
A alimentação pode ser grande aliada no tratamento e controle do peso
Kesia Vasti

Oleaginosas são importantes para quem tem hipotireoidismo 

O hipotireoidismo é uma doença, na maior parte dos casos, autoimune — o próprio sistema de defesa produz anticorpos para atacar as células da tireoide.

No hipotireoidismo há uma queda na produção de hormônios da tireoide, que é uma glândula localizada no pescoço e age na função de vários órgãos importantes como: coração, cérebro, rins e fígado.

Quando a tireoide não está funcionando bem e produz hormônios em quantidades insuficientes (no caso hipotireoidismo), interfere no funcionamento de vários órgãos. Sendo assim, o coração começa a bater mais lentamente, o intestino constipa, o crescimento fica comprometido e o metabolismo diminui podendo levar ao ganho de peso.

Os sintomas do hipotireoidismo são:

- Sonolência;
- Cansaço;
- Alteração do humor;
- Perda de memória;
- Pele seca;
- Unhas fracas;
- Prisão de ventre;
- Queda de cabelo;
- Retenção de líquido e dificuldade em perder peso.

Caso você apresente três ou mais sintomas da lista acima, é recomendado que procure um endocrinologista e realize um exame de sangue para dosar as taxas de hormônios da tireoide.

Se caso o resultado for positivo para o hipotireoidismo, o tratamento é feito através de reposição hormonal. A alimentação também pode ser grande aliada no tratamento e controle do peso.

Alguns alimentos que devem ser inseridos na alimentação de quem tem o hipotireoidismo são:

- Oleaginosas (castanhas, nozes, amêndoas);
- Probióticos (iogurte natural, kefir, kombucha);
- Proteínas (carnes, peixes e ovos);
- Vegetais verde escuros refogados (couve, espinafre, chicória).

Alimentos que devem ser evitados:

- Farinhas refinadas (glúten);
- Açúcar e alimentos industrializados;
- Soja;
- Vegetais verde crus.

Kesia Vasti é nutricionista e personal diet

 

MAIS LIDAS

Sua vida mais doce
Doces em excesso podem causar prejuízos à saúde


Dieta x Reeducação Alimentar
Você sabe a diferença entre dieta e reeducação alimentar?


Lancheira saudável
Capriche no lanche do seu filho


Detox, a dieta da faxina
Dica de ouro após os exageros do fim de ano


Suco ou fruta?
Nada é melhor que consumir a fruta in natura



NOVIDADES
WTV

 FACEBOOK  WTV  NEWS
Centro de Publicações da Igreja Metodista Wesleyana com sede na Avenida Venâncio, 17 - Xerém
- Duque de Caxias - RJ - CEP 25245-500 | CNPJ: 15.732.218/0001-08

© Todos os direitos reservados. 2016