14/12/2018
Hipotireoidismo e alimentação
A alimentação pode ser grande aliada no tratamento e controle do peso
Kesia Vasti

Oleaginosas são importantes para quem tem hipotireoidismo 

O hipotireoidismo é uma doença, na maior parte dos casos, autoimune — o próprio sistema de defesa produz anticorpos para atacar as células da tireoide.

No hipotireoidismo há uma queda na produção de hormônios da tireoide, que é uma glândula localizada no pescoço e age na função de vários órgãos importantes como: coração, cérebro, rins e fígado.

Quando a tireoide não está funcionando bem e produz hormônios em quantidades insuficientes (no caso hipotireoidismo), interfere no funcionamento de vários órgãos. Sendo assim, o coração começa a bater mais lentamente, o intestino constipa, o crescimento fica comprometido e o metabolismo diminui podendo levar ao ganho de peso.

Os sintomas do hipotireoidismo são:

- Sonolência;
- Cansaço;
- Alteração do humor;
- Perda de memória;
- Pele seca;
- Unhas fracas;
- Prisão de ventre;
- Queda de cabelo;
- Retenção de líquido e dificuldade em perder peso.

Caso você apresente três ou mais sintomas da lista acima, é recomendado que procure um endocrinologista e realize um exame de sangue para dosar as taxas de hormônios da tireoide.

Se caso o resultado for positivo para o hipotireoidismo, o tratamento é feito através de reposição hormonal. A alimentação também pode ser grande aliada no tratamento e controle do peso.

Alguns alimentos que devem ser inseridos na alimentação de quem tem o hipotireoidismo são:

- Oleaginosas (castanhas, nozes, amêndoas);
- Probióticos (iogurte natural, kefir, kombucha);
- Proteínas (carnes, peixes e ovos);
- Vegetais verde escuros refogados (couve, espinafre, chicória).

Alimentos que devem ser evitados:

- Farinhas refinadas (glúten);
- Açúcar e alimentos industrializados;
- Soja;
- Vegetais verde crus.

Kesia Vasti é nutricionista e personal diet

 

MAIS LIDAS

Sua vida mais doce
Doces em excesso podem causar prejuízos à saúde


Dieta x Reeducação Alimentar
Você sabe a diferença entre dieta e reeducação alimentar?


Lancheira saudável
Capriche no lanche do seu filho


Suco ou fruta?
Nada é melhor que consumir a fruta in natura


Detox, a dieta da faxina
Dica de ouro após os exageros do fim de ano



NOVIDADES
WTV

 FACEBOOK  WTV  NEWS
Centro de Publicações da Igreja Metodista Wesleyana com sede na Avenida Venâncio, 17 - Xerém
- Duque de Caxias - RJ - CEP 25245-500 | CNPJ: 15.732.218/0001-08

© Todos os direitos reservados. 2016