04/01/2017
Proteja-se do sol
O verão é uma das estações mais amadas, mas nunca é demais alertar para os riscos da exposição prolongada ao sol, principalmente nos horários mais críticos
Redação CPIMW

Janeiro mal começou e os termômetros pelo Brasil já estão batendo recorde de altas temperaturas. Claro que o verão é uma das estações mais amadas, sobretudo por quem mora em regiões litorâneas, mas nunca é demais alertar para os riscos da exposição prolongada ao sol, principalmente nos horários mais críticos (entre 10h e 16h).

O sol, aliás, é o principal fator responsável pelo envelhecimento da pele, além de contribuir para o surgimento deste tipo de câncer. Durante o verão, o raio ultravioleta B, principal causador do câncer de pele, é mais intenso, portanto todo cuidado é pouco.

Nós separamos algumas dicas do portal Dermatologia.net sobre como aproveitar melhor o sol de verão e também como usar corretamente o filtro solar – item indispensável em qualquer época do ano, mas que nem todos dão a devida importância. Confira:


1. Evite exposições prolongadas e repetidas ao sol. Queimaduras solares acumuladas durante a vida predispõem ao câncer da pele.

2. Evite se expor ao sol nos horários próximos ao meio-dia. O horário entre 10 e 16 horas tem grande incidência de raios ultravioleta B. Procure a sombra neste período.

3. O bronzeamento ocorre gradativamente, após os primeiros dias de exposição. A pele leva 48 a 72 horas para produzir e liberar a melanina, pigmento que dá cor à pele. Portanto, não adianta querer se bronzear em um só dia. Ficar muito no sol não vai acelerar este processo. Você só vai se queimar e as queimaduras promovem danos irreversíveis para a pele.

4. Use sempre barracas de praia, bonés, viseiras ou chapéus. Cerca de 70% dos cânceres da pele ocorrem na face, proteja-a sempre. Não se esqueça de proteger os lábios e as orelhas. As barracas devem ser grossas, para bloquear bem a passagem do sol.

5. Aplique generosamente o filtro solar, 20 a 30 minutos antes de sair ao sol. Este é o tempo necessário para a estabilização do protetor solar na pele, de modo que sua ação ocorra com maior eficácia. Faça isso de preferência em casa, sem pressa. Lembre-se de reaplicar o filtro a cada 2 horas ou após mergulhar.

6. Use filtro solar com FPS 30 ou maior. FPS é a abreviação de Fator de Proteção Solar e significa que usando um filtro com fps igual a 30 sua pele levará 30 vezes mais tempo para ficar vermelha do que sem proteção. Pessoas de pele muito escura podem usar filtros solares com fator de proteção 15.

7. Peles claras e pessoas ruivas exigem maiores cuidados, pois são mais propensas ao câncer da pele. Pessoas de pele muito clara raramente se bronzeiam, portanto não insista em querer se bronzear, você só vai se queimar e danificar sua pele.

8. Mormaço também queima. Não se engane. Mesmo nos dias nublados, até 80% da radiação ultravioleta pode atravessar as nuvens e chegar à Terra. Portanto, use filtros solares também nestes dias.

9. Filtro solar deve ser usado diariamente. Se você se expõe ao sol diariamente, mesmo que não seja na praia, use filtro solar nas áreas expostas para evitar o dano solar que se acumula durante os anos de vida.

10. A proteção solar das crianças é responsabilidade dos pais! Proteja as crianças e estimule os adolescentes a se protegerem. Este é um hábito que deve ser formado desde cedo. Cerca de 75% da exposição solar acumulada durante a vida ocorre até os 20 anos de idade, sendo muito importante a proteção solar nesta época da vida.

(Fonte: dermatologia.net)

 

MAIS LIDAS

5 Tendências de moda da nova estação
Tendências Primavera - Verão 2017


Moda: dicas preciosas para o verão
Veja o que é tendência para o momento


Malefícios do salto alto
Já pensou em como o salto alto pode prejudicar sua saúde?


Moda plus size
Linda e estilosa do jeito que você é!


A Ditadura do Corpo Perfeito
Quem disse que precisa mudar o corpo para se sentir bem?



NOVIDADES
WTV

 FACEBOOK  WTV  NEWS
Centro de Publicações da Igreja Metodista Wesleyana com sede na Avenida Venâncio, 17 - Xerém
- Duque de Caxias - RJ - CEP 25245-500 | CNPJ: 15.732.218/0001-08

© Todos os direitos reservados. 2016