14/03/2017
Escolha certa
Quanto mais bonita e brilhante for a fruta ou hortaliça, maior o nível de contaminação por agrotóxicos
Kesia Vasti

Na hora de escolher frutas e verduras na feira ou supermercado ficamos em dúvida e na maioria das vezes optamos pela melhor aparência, mas as aparências podem enganar. Quanto mais bonita e brilhante for a fruta ou hortaliça, maior o nível de contaminação por agrotóxicos. Você já viu alguma fruta de horta caseira ser tão grande e perfeita? Então, desconfie.

A Anvisa alerta os consumidores para os riscos de se ingerir agrotóxicos. Segundo o órgão, o consumo prolongado e em quantidades acima dos limites aceitáveis pode acarretar vários problemas de saúde. Uma menor exposição pode causar dores de cabeça, alergias e coceiras, enquanto uma exposição maior pode causar distúrbios do sistema nervoso central, má formação fetal e câncer.

O ideal seria consumir somente produtos orgânicos. Porém, infelizmente estes produtos não são tão acessíveis por ter um custo muito alto. Então, a melhor forma de evitar o consumo de alimentos com agrotóxicos é escolher os produtos de acordo com a sazonalidade (época do ano) e higienizar corretamente frutas e verduras antes de consumir.

Veja como escolher e não ser enganado:

• Raízes (batata, cenoura, mandioca):  Prefira as com casca íntegra e consistência firme. O formato não faz diferença. Evite as que possuem manchas esverdeadas ou casca murcha e muito enrugada.

• Frutas: Priorize as mais limpas e consistentes e com casca íntegra e lisa. Não há problema se houver manchinhas ou pintas. Fuja de frutos murchos, amassados ou com buracos e outros sinais de deterioração.

• Flores (couve-flor, brócolis): Escolha flores firmes, compactas e limpas, sem marcas de insetos. Nada de brócolis com botões amarelados, roxos ou brancos nem de couve-flor manchada. Se estiverem murchos, evite.

• Verduras (alface, escarola, espinafre…): Opte por folhas íntegras e viçosas, limpas, com poucas manchas e sem sinais de inseto. Melhor não levar verduras murchas, desidratadas, amarronzadas ou amareladas.

Kesia Vasti é nutricionista e personal diet. Acompanhe sua coluna mensal no caderno Voz de Mulher

 

MAIS LIDAS

Sua vida mais doce
Doces em excesso podem causar prejuízos à saúde


Dieta x Reeducação Alimentar
Você sabe a diferença entre dieta e reeducação alimentar?


Detox, a dieta da faxina
Dica de ouro após os exageros do fim de ano


Lancheira saudável
Capriche no lanche do seu filho


Benefícios da banana verde
Fazer a famosa biomassa é muito fácil



NOVIDADES
WTV

 FACEBOOK  WTV  NEWS
Centro de Publicações da Igreja Metodista Wesleyana com sede na Avenida Venâncio, 17 - Xerém
- Duque de Caxias - RJ - CEP 25245-500 | CNPJ: 15.732.218/0001-08

© Todos os direitos reservados. 2016