14/03/2017
Escolha certa
Quanto mais bonita e brilhante for a fruta ou hortaliça, maior o nível de contaminação por agrotóxicos
Kesia Vasti

Na hora de escolher frutas e verduras na feira ou supermercado ficamos em dúvida e na maioria das vezes optamos pela melhor aparência, mas as aparências podem enganar. Quanto mais bonita e brilhante for a fruta ou hortaliça, maior o nível de contaminação por agrotóxicos. Você já viu alguma fruta de horta caseira ser tão grande e perfeita? Então, desconfie.

A Anvisa alerta os consumidores para os riscos de se ingerir agrotóxicos. Segundo o órgão, o consumo prolongado e em quantidades acima dos limites aceitáveis pode acarretar vários problemas de saúde. Uma menor exposição pode causar dores de cabeça, alergias e coceiras, enquanto uma exposição maior pode causar distúrbios do sistema nervoso central, má formação fetal e câncer.

O ideal seria consumir somente produtos orgânicos. Porém, infelizmente estes produtos não são tão acessíveis por ter um custo muito alto. Então, a melhor forma de evitar o consumo de alimentos com agrotóxicos é escolher os produtos de acordo com a sazonalidade (época do ano) e higienizar corretamente frutas e verduras antes de consumir.

Veja como escolher e não ser enganado:

• Raízes (batata, cenoura, mandioca):  Prefira as com casca íntegra e consistência firme. O formato não faz diferença. Evite as que possuem manchas esverdeadas ou casca murcha e muito enrugada.

• Frutas: Priorize as mais limpas e consistentes e com casca íntegra e lisa. Não há problema se houver manchinhas ou pintas. Fuja de frutos murchos, amassados ou com buracos e outros sinais de deterioração.

• Flores (couve-flor, brócolis): Escolha flores firmes, compactas e limpas, sem marcas de insetos. Nada de brócolis com botões amarelados, roxos ou brancos nem de couve-flor manchada. Se estiverem murchos, evite.

• Verduras (alface, escarola, espinafre…): Opte por folhas íntegras e viçosas, limpas, com poucas manchas e sem sinais de inseto. Melhor não levar verduras murchas, desidratadas, amarronzadas ou amareladas.

Kesia Vasti é nutricionista e personal diet. Acompanhe sua coluna mensal no caderno Voz de Mulher

 

MAIS LIDAS

Sua vida mais doce
Doces em excesso podem causar prejuízos à saúde


Dieta x Reeducação Alimentar
Você sabe a diferença entre dieta e reeducação alimentar?


Lancheira saudável
Capriche no lanche do seu filho


Suco ou fruta?
Nada é melhor que consumir a fruta in natura


Detox, a dieta da faxina
Dica de ouro após os exageros do fim de ano



NOVIDADES
WTV

 FACEBOOK  WTV  NEWS
Centro de Publicações da Igreja Metodista Wesleyana com sede na Avenida Venâncio, 17 - Xerém
- Duque de Caxias - RJ - CEP 25245-500 | CNPJ: 15.732.218/0001-08

© Todos os direitos reservados. 2016