05/09/2017
Cinco mandamentos para quem quer ficar loira
Clarear os cabelos exige alguns cuidados. Veja as dicas e acerte na mudança!
Redação CPIMW

Cansou do visual e quer mudar? Anda olhando fotos para se inspirar e chegou até a pensar em ficar loira? Então você precisa saber de algumas coisas antes de se aventurar neste mundo, afinal, ser loira requer muito cuidado e dedicação com as madeixas. Por isso, fique atenta ao que você realmente precisa para acertar. Vamos às dicas? 

1. Escolha um tom de loiro que combine com a cor da pele

Toda mulher pode clarear o cabelo, mas para o resultado final ser um sucesso, a nuance escolhida deve combinar com o tom da pele para um resultado harmônico. Siga algumas dicas:

Clara: peles branquinhas com fundo rosado ficam ótimas com tons mais frios e ultraclaros, como o platinado. Se o fundo da sua pele é mais amarelada, aposte em nuances douradas.

Morena: como a pele tem fundo quente, os loiros muito claros e platinados podem resultar em uma indesejável aparência pálida. É melhor investir em tons dourados, beges e mel.

Oriental: já que a pele costuma ser amarelada, vale seguir a mesma recomendação das morenas: prefira as nuances douradas às com fundo frio. 
 
Negra: escolha nuances carameladas e acobreadas com um pouco de dourado. Tons muito loiros devem ser evitados; prefira colorações mais suaves. 
 

2. Vá devagar

Mudar drasticamente o visual (de morena para loira-clara, por exemplo) em uma única visita ao cabeleireiro resultará em fios quebradiços. Nestes casos, o processo deve ser devagar: clareie os fios gradativamente (pode ser com mechas ou ombré) até conquistar a tonalidade desejada. Enquanto você fica loira, cuide bem dos fios e repare em como eles reagem à química.

3. Não faça mudanças drásticas sozinha

Se procedimentos muito radicais feitos por um profissional capacitado já danificam os fios, imagine o potencial destruidor de uma descoloração caseira? Além disso, a possibilidade de você errar a tintura e terminar com um visual aquém do desejado é quase certa.

4. Não esqueça das sobrancelhas

Sobrancelhas muito escuras e cabelo claro deixam o visual pesado e artificial. Quando for ao salão, peça para o cabeleireiro clareá-las com uma tinta própria. Mas não vale deixar as sobrancelhas e o cabelo da mesma cor: para um resultado harmônico, elas devem ser dois tons acima da cor do cabelo. 

5. Saiba quando parar

Você começa com mechas, ombré, luzes e quando percebe, está com cabelo exageradamente claro. Se é sua vontade, ok, mas seu cabelo pode ficar muito seco. O limite de descolorações e tinturas deve ser imposto por meio de uma conversa franca com seu cabeleireiro e precisa ser respeitado, pois é a saúde de seus fios que está em jogo. E ninguém quer ser loira "espiga”.

(Fonte:mdemulher.abril.com.br)

 

MAIS LIDAS

5 Tendências de moda da nova estação
Tendências Primavera - Verão 2017


Moda: dicas preciosas para o verão
Veja o que é tendência para o momento


Malefícios do salto alto
Já pensou em como o salto alto pode prejudicar sua saúde?


Moda plus size
Linda e estilosa do jeito que você é!


A Ditadura do Corpo Perfeito
Quem disse que precisa mudar o corpo para se sentir bem?



NOVIDADES
WTV

 FACEBOOK  WTV  NEWS
Centro de Publicações da Igreja Metodista Wesleyana com sede na Avenida Venâncio, 17 - Xerém
- Duque de Caxias - RJ - CEP 25245-500 | CNPJ: 15.732.218/0001-08

© Todos os direitos reservados. 2016