02/03/2017
A subversão da ordem!
O que acontece quando há a subversão da ordem?

Ao meditarmos nas Escrituras encontramos em todas as suas páginas ordem, começando pelo livro de Gênesis “A terra era sem forma e vazia... (vs 2). Disse Deus: haja luz. E houve luz (vs. 3)”. Existia um caos que foi ordenado e organizado por Deus.

Neste primeiro capítulo encontraremos várias menções de Deus declarando o quanto era bom o que estava ordenando: “a luz era boa” - (vs.4).  Ao fim de cada dia, após colocar ordem nas tarefas diárias lemos a mesma declaração: “viu Deus que isso era bom” (Vs. 10, 12, 18, 21, 25). Finalmente no sexto dia há um acréscimo:  E viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom. (Vs. 31). Quando chegamos ao Apocalipse verificamos mais uma vez Deus colocando ordem no caos, neste caso, no caos provocado pelas ações humanas: “E vi um novo céu e uma nova terra. Porque já se foram o primeiro céu e a primeira terra, e o mar já não existe” (Ap. 21.1).   

O que acontece quando há a subversão da ordem? O caos impera, as leis são descumpridas, a ordem social é quebrada, as estruturas são destruídas, as instituições se corrompem, há insubordinação e revolta contra as autoridades e ao final de tudo a população sofre. Esta é a realidade que vivemos e vivenciamos de um modo mais profundo no estado do Espírito Santo. Paulo escrevendo aos Romanos (1.18-32) relata a ação humana de transformar a verdade em injustiça e o caos que acontece quando a humanidade abandona a ordenação e organização divina.

Podemos afirmar com convicção que isto ocorreu por desejo de uma classe de um aumento salarial ou é uma consequência de um estado de espírito que impera na nação? Vivemos um caos de integridade, moralidade, confiança nas pessoas e instituições, desejo desenfreado de se dar bem a qualquer custo, relativização das leis e da ordem política, social, moral e espiritual.

O que fazer? Voltar-se para Deus em arrependimento, conversão de pensamentos, palavras e atos, transformação de entendimento e coração. Comprometer-se como Igreja para buscar uma sociedade mais justa interagindo e integrando-se nas ONGs de bairros. Levantar-se da inércia e agir junto aos órgãos governamentais para encontrar solução para as cidades e bairros onde estamos inseridos buscando melhoria para a população em geral.

Apesar da convicção da eternidade não podemos desprezar o desejo de nosso Senhor de implantar um Reino de Justiça, Paz e Amor.  

Devemos nos lembrar o que diz Provérbios 29.18 – “Um país sem a orientação de Deus é um país sem ordem. Quem guarda a lei de Deus é feliz”. (NTLH).

Bispo Sinvaldo Coelho é superintendente da 3ª Região Eclesiástica

MAIS LIDAS

Eu abri mão do meu livre arbítrio
Ao me submeter ao chamado de Jesus Cristo, abri mão de meu livre arbítrio


A subversão da ordem!
O que acontece quando há a subversão da ordem?


Prioridade vs. Futilidade
"Prepara no verão o seu pão; na sega ajunta o seu mantimento" (Pv 6.8)


Fazer novas todas as coisas
Como concluiremos este ano e qual a reflexão que devemos fazer? 



NOVIDADES
WTV

 FACEBOOK  WTV  NEWS
Centro de Publicações da Igreja Metodista Wesleyana com sede na Avenida Venâncio, 17 - Xerém
- Duque de Caxias - RJ - CEP 25245-500 | CNPJ: 15.732.218/0001-08

© Todos os direitos reservados. 2016